a

Facebook

YouTube

Copyright 2018 Clink Design.

8:00 - 17:00

De Segunda à Sexta Feira.

37 99992.0057

Telefone para Contato

Facebook

YouTube

Pesquisar
Menu
 

O Absolutismo – Filme indicado para o curso de Direito – Teoria Geral do Estado e Ciência Política

Prof. Hernando Fernandes > ELEIÇÕES 2020  > O Absolutismo – Filme indicado para o curso de Direito – Teoria Geral do Estado e Ciência Política

O Absolutismo – Filme indicado para o curso de Direito – Teoria Geral do Estado e Ciência Política

O Absolutismo – A Ascenção de Luís XIV- Vincennes, periferia de Paris, 1661.

O primeiro-ministro da França, o riquíssimo Cardeal Mazarino, está doente, praticamente entre a vida e a morte. Ele havia substituído o Cardeal Richelieu, que o precedeu nessa função durante o reinado de Luís XIII.
Já em seu leito de morte, o Cardeal, após se confessar e fazer uma reflexão sobre como adquiriu toda a sua riqueza, decide devolver aos cofres públicos o que acumulou, deixando para o rei Luís XIV toda a sua fortuna. Porém o monarca recusa a oferta, alegando que não ele não ficaria bem perante a opinião pública.
A nobreza já começava a especular e a se mobilizar para ver quem assumiria a função de primeiro-ministro, porém, após a morte do cardeal, o rei Luís XVI, que até então não se interessava pelos assuntos do estado, surpreendeu a todos assumindo ele próprio o controle do governo, dando início assim ao apogeu do absolutismo francês, com a famosa frase dita por ele: “O estado sou eu”.
Essa história está contada no filme O Absolutismo – A Ascenção de Luís XIV, de 1966, do aclamado diretor italiano Roberto Rosseline.

Sem Comentário

Deixe um comentário